Konjiki no Word Master

Konjiki No Word Master 82: O Primeiro Destino


4/4

\o/ é nois na fita

 

Me pergunto se as musicas que deixo ali ficam só de enfeite :v


 

Hiiro:”Então? Qual é o vilarejo mais próximo?”

Hiiro perguntou para Silva, que estava caminhando na frente dele, enquanto estava montado em Mikazuki.

Seu destino final era Xaos mas por enquanto estava muito longe. Eles não estavam particularmente com pressa então eles planejaram viajar devagar.

O objetivo deles era chegar em Xaos e visitar [A Grande Livraria da Fortuna] onde ele poderia ler livros e materiais somente disponíveis para a realeza e pessoas importantes.

Fora isso, Hiiro também queria olhar o mundo dos demônios. Este é o porque ele pensou em visitar vários vilarejos e outros lugares na rota para Xaos. Por esse propósito ele deixou a tarefa de guiar ele para Lilin e compania, que conhecem melhor o mundo dos demônios que ele.

Claro, Hiiro só precisava de Lilin para alcançar seu objetivo. Não é como se ele aprovasse ela viajando junto a ele. Quando ele viu a permissão para a livraria, ele pensou que poderia usar a conexão dela em vantagem para ler os livros proibidos.

Como resultado deste pensamento, apesar de Lilin ser uma mulher problemática, Hiiro decidiu que ele iria viajar junto com ela. Entretanto, não era o que ele imaginava como uma jornada pacífica. Ele determinou que se eles causarem problemas ou tornarem-se inúteis ele imediatamente iria se separar.

No momento Hiiro está viajando junto com eles para adquirir informação sobre o mundo dos demônios, que é o porque da pergunta dele. Quem respondeu não foi Silva, mas Lilin.

Lilin:”A cidade mais próxima daqui seria o assentamento da [Raça Asura] no [Deserto Raohrb]. Não é Silva?”
Silva:”Sim, mas na minha opinião, entretanto, eu acredito que é melhor evitar aquele lugar…”

Hiiro franziu.

Hiiro:”O que você quer dizer?”
Silva:”O [Deserto Raohrb] é extremamente perigoso.”
Hiiro:”Hou”
Silva:”Um deserto sem fronteiras que cruza o horizonte, mas ao invés do calor extremo, o problema é com os Asuras.”
Hiiro:”Hm? Os Asura são uma espécie de Evila, certo? Porque tem problemas com eles?”
Silva:”Porque eles controlam o deserto. Ouvi dizer que os Asura não são muito receptivos com forasteiros que atravessam seu território.”

Hiiro ouviu que diferentes espécies de Evila não interagem com outras. Claro que haviam exeções, mas os Asura pareciam obedecer a regra. É possível que eles odeiam outros que entram em seu território.

Hiiro:”Mas eles não atacariam nós do nada, certo?”
Silva:”…”
Hiiro:”Oi, porque o silêncio?”

Silva chegou mais perto de Hiiro e sussurrou em seu ouvido.

Silva:”Ojou-sama é também um Evila. Bem, a Ojou-sama é um caso especial, mas não seria errado pensar nela como o típico evila…”

Ao ouvir isto, Hiiro olhou para Lilin e lembrou quando ele encontrou ela pela primeira vez e os dias seguintes.

Lilin:”Mu? O que foi?”

Hiiro:(Isso ai é o típico? Devo eu ficar alerta com todos os Evilas?)

Repentinamente sendo testado com veneno, ser atacado pela maid, repentinamente forçar uma proposta de serventia. Hiiro entendeu que Lilin era uma existência anormal.

Falando nisso, Hiiro também ouviu que a maid, Shamoe, foi expulsa pelos Evila. Em outras palavras, ele determinou que ele devia mudar o pensamento existente sobre os Evilas de agora em diante.

Hiiro acreditava que eles não iriam atacar de uma hora para outra sem avisar , mas ele precisaria estar preparado para qualquer coisa já que não seria estranho se algo acontecesse.

Hiiro:”Falando nisto, que tipo de pessoas são os Asura?”

Hiiro pensou que ter um pouco de informação seria útil para se prevenir.

Silva:”Hmm, sobre isso…”
Hiiro:”Que? Você não sabe nada?”
Silva:”Por favor me perdoe. Os Asura não deixam o deserto, e eu ouvi que a população deles é relativamente baixa. Além disso, há pouca informação sobre eles. Eu somente ouvi que eles uma vez expulsaram pessoas que acidentalmente entraram no deserto.”
Hiiro:”Entendo. Então somente rumores…”

Em todo caso, Hiiro não podia acreditar completamente no que Silva dizia. Entretanto, não há fumaça sem fogo. Mesmo se os rumores não são verdades, algo similar provavelmente aconteceu. De qualquer forma, eles poderiam ser uma raça problemática.

Silva:”O que devemos fazer? Devemos continuar pelo deserto?”
Hiiro:”Não sei.”
Lilin:”Ficando com medo?”

Hiiro ficou irritado ao ouvir as palavras de Lilin.

Hiiro:”Claro que não. Bom, vamos lá encontrar estes Asuras ou seja lá o que forem chamados”
Lilin:”Kukuku, eu não iria por outro caminho mesmo…”

Lilin recebia o perigo. Porque assim ela ficava menos entediada.

Lilin:”Falando nisso kozou[1]Muleke, você não acha que só você está relaxado?”
Hiiro:”Como assim?”

Parecia que Hiiro não entendeu a questão.

Lilin:”Não se faça de burro. Porque somente você está montado no pássaro?”

Lilin apontou para Mikazuki.

Hiiro:”Claro, porque ela é minha”
Mikazuki:”Kui kui kui!”

Mikazuki bateu suas asas com um *basabasabasa* como se estivesse envergonhada e elevou sua voz em um tom feliz.

Lilin:”Hey! Porque eu, sua mestra, tem que caminha enquanto você, o servo, está relaxando no topo deste pássaro!?”
Hiiro:”Cale a boca. Quem diabos é seu servo?”
Lilin:”Me deixe montar também!”
Hiiro:”Eu recuso!”
Lilin:”Deixe me montar!”
Hiiro:”Não mesmo”
Lilin:”Eu disse, deixe me montar!”
Hiiro:”Ande, Hikikomori[2]NEET
Lilin:”Quem é uma Hikikomori?”

Lilin gritou de raiva.

Lilin:”F-FUn. Se for assim, vou montar a força!”

Dizendo isso, Lilin pulou em direção as costas de Mikazuki.

*sasa*

Mikazuki, entretanto, imediatamente desviou. Lilin, que perdeu seu alvo, pousou graciosamente no chão e encarou Mikazuki. Mikazuki congelou com o olhar mas…

Hiiro:”Oi, deixe assim. Akaloli, você é ruim a ponto de se forçar em alguém que não quer…”
Lilin:”Ugu…”
Hiiro:”Você não acha isso também, Jii-san?”
Silva:”Ojou-sama, eu não posso concordar com suas ações”
Lilin:”Queeee!?”

Lilin deixou uma voz surpresa escapar ao ouvir as palavras de Silva. Shamoe que estava por perto, começou a agir nervosamente.
Com um olhar desapontado em sua face, Lilin olhou em direção a Hiiro e apontou seu indicador.

Lilin:”Eu vou definitivamente te fazer meu!”
Silva:”Nofofofo! Esta definitivamente é nossa Ojou-sama!”
Shamoe:”E-e-eu não entendo o que está acontecendo, mas você é incrível Ojou-sama!”

Os dois servos elogiam ela.

Hiiro:”Ao invés de ficar procrastinando por ai, se apresse e vamos logo”
Lilin:”Ei! Que tal ler a atmosfera um pouco!”

Hiiro estava insociável como sempre.

Se você encontrou um erro de ortografia, ou quer oferecer uma sugestão, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.

Notas do Tradutor   [ + ]

1. Muleke
2. NEET

View Comments

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: