Konjiki no Word Master

Konjiki no Word Master 02 – Colegas de Classe


Cliquem nos links na page de capítulos please ;D


 

 

Algumas questões surgiram. Ele percebeu que seu nível era um. Se este era um mundo igual a um RPG, então era natural, já que ele não lutou com alguém ainda.

Mas porque seu MP[1]Poder Mágico ou Mana dependendo do local era tão alto? Deve ser algum beneficio de ser um viajante de mundos, que tem uma grande taxa de poder mágico como foi informado agora a pouco.

Além disso, HP se refere a resistência, MP era poder mágico, EXP experiência, PROX indica os pontos de experiência necessários para o próximo nível. ATK, DEF, AGL, HIT e INT respctivamente simbolizam ataque, defesa, agilidade, chance de acerto e inteligência. Essas são espressões usadas em jogos.

 

Ele estava surpreso com sua alta agilidade inesperada, mas ele estava mais surpreso com isso:

<<Observador Inocente>>

 

Isso perfeitamente mostrava que ele só foi arrastado junto aos quatro heróis. Em outras palavras, ele não era um herói, mas uma pessoa normal.

Apesar dele estar curioso sobre sua mágica também, ele imaginava como explicar a situação.

Enquanto ele pensava, Rudolph perguntou a eles.

 

Rudolph:”Então? Quando você ver o título, ele deve mostrar Herói.”

 

Taishi respondeu primeiro.

 

Taishi:”S-Sim, está aqui! Diz herói aqui! Wow-Incrível, eu sou realmente um herói.”

 

Ele disse com uma voz excitada.

 

Taishi:”E você Chika?”

 

Quem respondeu a questão de Taishi oi Suzumiya Chika. Ela era uma garota popula e possuía habilidades comunicativas. Sua atitude aberta e direta em lidar com as pessoas conquistou os outros.

Seu cabelo curto era alvejado igual os de Taishi, bem pálido. Seus seios faltavam, mas seu corpo esbelto como atleta nata era muito atrativo.

 

Chika:”Sim, eu tenho isso também, Taishi.”
Taishi:”Bom, E você, Shuri, Shinobu?”

 

Ele chamou as outras duas garotas. Minamoto Shuri era linda, e possuía um longo cabelo preto.

Diferente de Chika, ela tinha um corpo voluptuoso que atraia garotos. Ela pertencia ao clube do chá e os garotos algumas vezes podiam a ver utilizando kimono. Seus pontos charmosos incluíam o jeito de olhar  a pinta abaixo de seu olho.

A outra garota, Akamori Shinobu brilhava com curiosidade. Ativa no clube do jornal, ela também planejava encontrar emprego nesta área no futuro Ela falava muito também e é uma das mais inteligentes, então todos pediam dicas a ela para as avaliações.

Seu um pouco ondulado, cablo negro pousava em seus ombros. De seus olhos de gatos, você podia senti uma forte determinação de nunca deixar sua presa escapar.

Além disso ela era de Kansai.

 

O que essas três possuem em comum: Elas todas são atrativas. E membras do harém de Taishi, sempre estão perto dele. Shuri e Shinobu possuíam o título de herói também. E claro, os olhares encontram Hiio.

 

Taishi:”E você?”

Hiiro:”Não.”

 

Ele respondeu com uma única palavra. Com isso os outros fizeram uma confusão.

 

Taishi:”Então que tipo de título você tem?”

Era perturbante a forma como eles falaram, mas ele respondeu honestamente.

 

Hiiro:”<<Observador Inocente>>…”

 

Agora seus quatro colegas de classe mudaram de atitude com essas palavras. Eles franziram e deixaram suas bocas abrirem em seguida.

Lilith olhou para baixo, hesitando em responder. Hiiro suspirou enquanto olhava para ela. Então respondeu em seu lugar.

 

Hiiro:” Eu somente sou uma pessoa normal. Eu só estava no local errado na hora errada e vim junto com esses caras. Certo?”

Lilith:”Uh-Hum..”

Chika:”Hey, espere! Okamura! Que tom é esse!”

Chika disse apontando para ele. Mas ele ignorou completamente isso e continuou.

 

Hiiro:”Originalmente quatro pessoas deveriam ser invocadas aqui. E esses quatro estão aqui. Eu sou um caso anormal pra falar a verdade. O que vocês faram a respeito?”

 

Ele meramente declarou isso indiferentemente sem declarar hostilidade ou animosidade. E ainda sim, Lilith ficou pálida já que ela foi quem invocou eles.

 

Hiiro:”Bem, não é somente a mim. Esses caras também foram arrastados para cá graças ao que era conveniente a vocês. Estou certo que nossas famílias estão preocupadas conosco.”

 

A expressão de Lilith tornou-se ainda mais e mais de cortar o coração.

 

Rudolph:”Você está certo. Eu só posso pedir seu perdão nesse assunto.”

 

O rei ofereceu suas desculpas. Hiiro pensou que ele iria inventar desculpas, mas o rei inesperadamente estava consciente de suas ações.

 

Rudolph:”Não tínhamos outra escolha.”

Hiiro:”Não, para ser honesto, eu não me importo com suas circunstâncias.”

“huh?”

 

O tempo parou para todos com as palavras de Hiiro.

 

Hiiro:”Eu não tenho conexão nenhuma com esses quatro.”

Taishi:”Hey Okamura! Não somos colegas de classe?!”

Hiiro:”Sim, somos. Mas nós meramente estudamos juntos na mesma sala pela decisão da escola.”

Shiro:”Isso esta indo longe demais…”

Shinobu:”Sim, estamos finalmente juntos~”

Hiiro:”Vocês dizem isso, mas eu não falei uma unica palavra com nenhum de vocês nos últimos quatro meses, desde que estamos na mesma classe.”

 

Isso era fato. Hiiro basicamente gostava de ficar sozinho, então ele se distanciava de todo mundo, não somente desses quatro. Dormir, comer e ler. Essa era a rotina dele. Os outros quatro ficaram calados diante de suas palavras. Como ele disse, eles não se falavam, mesmo sendo colegas de classe. Também era fato que eles não tentaram se aproximar ou conversar com ele por vontade própria, mesmo se ele era difícil de se aproximar.

 

Hiiro:”Ok, como eu disse, não tenho ligação com esses quatro. Vocês querem os quatro heróis certo? Então eu sou inútil?”

Rudolph:”hm…Mhh…”

 

Rudolph estava perplexo.

 

Hiiro:”Já que eles são heróis, eles podem lutar com os Evila de alguma forma certo? Mas eu sou um sem-nome. Você não me enviaria para lutar com esses caras perigosos também, ou iria?”

Rudolph:”Deixe me perguntar então: O que você quer?”
Hiiro:”Voltar para casa?”

Rudolph:”Os documentos falam que o Senhor dos Demônios sabe a magia para o levar para casa.”

 

As palavras de Rudolph resoaram pelo salão do trono e a expressão de Lilith tornou-se péssima novamente.  Vendo isto, Hiiro quietamente fechou seus olhos.

 

Taishi:”Então temos que derrotar o senhor dos demônios rapidamente!”

 

Que idiota, Hiiro pensou. Mesmo se o senhor dos demônios soubesse essa mágica, porquê você iria derrotar-lo? Hiiro estava descontente com a frase que Taishi disse sem pensar duas vezes.

 

Rudolph:”S-Sim. Além disso, nosso país é maravilhoso, então você vai gostar. Vocês são basicamente da família agora.”

 

Vendo Rudolph tentar desesperadamente persuadi-lo, Hiiro moveu seus ombros.

 

Chika:”Estou preocupada com minha família.”

 

Os outros se preocuparam também.

 

Sábio: “Não há necessidade disso. Ok?”

Sábio:”Para falar a verdade vocês foram esquecidos.”

?:”Esquecidos?”

 

Era uma frase chocante.

 

Sábio:”Não se preocupem. Há forcas que trabalham para manter as coisas coerentes em seu mundo. Assim que vocês retornarem, as coisas voltarão ao normal… sim.”

(Isso é uma mentira.)

Hiiro sentiu isso da atitude do sábio.

(Tudo que ele disse é mentira. Ele fez isso para nos convencer…. não existe. Pelo menos não agora. E estou com dúvida sobre essa parte de esquecido também…)

 

Ele olhou para os outros quartos para ver se alguém percebeu. Taishi não percebeu. Chika também. Somente Shuri e Shinobu franziram com a história.

 

(Bem, eu não me importo com eles. Eu mesmo… posso fazer o que eu quiser.)

 

Okamura Hiiro cresceu em um orfanato. Seus pais não o deixaram, eles morreram em um acidente quando ele ainda era jovem.

Então ele foi deixado aos cuidados do orfanato. Fez alguns amigos, mas acima de tudo, amava livros, ele lia livros todos os dias.

Os livros eram mais amigos dele que os humanos.

Claro que ele ainda tinha outros parentes, mas ele não tinha uma pessoa para retornar no mundo real. Então isso não o perturbaria se não houvesse forma de voltar.

Lilith sabendo que não há como voltar, cobriu sua expressão por um tempo. Ela pode se sentir culpada pela mentira.

Taishi e as garotas conversaram sobre o que fazer agora que entendiam que não havia retorno.

 

Taishi:”Como Okamura disse, você egoistamente nos conjurou aqui. Eu acho que isso é bem rude da sua parte.”

Rudolph:”mas..”

Taishi:”Nós vamos fazer isso!”

Rudolph:”Vocês vão?”

 

Rudolph levantou sua voz

 

Chika:”Nós sempre quisemos explorar um mundo assim.”

“Sim! Nós quatro jogamos jogos online  também.”

 

Assim como Chika disse, os quatro deles jogavam um RPG online no seu mundo. Eles frequentemente se encontravam e discutiam aonde iriam se aventurar, assim como fizeram na escola antes de tudo isso.

Agora que foram conjurados aqui, eles estavam falando sobre o desejo de aventurar um mundo assim.

 

Rudolph:”E-Então vocês vão aceitar!”

Shinobu:”Sim, mas em troca…”

 

Shinobu falou ao Rei.

 

Shinobu:”Eu vi nos status, que continuamos a ser lv 1. Em outras palavras, somos iniciantes.”

Rudolph:”Sim, isso é correto.”

Shinobu:”Não podemos lutar contra o senhor dos demônios assim. Então… eu quero que você nos ensine a lutar.”

Rudolph:”Não se preocupe. Sobre isso…”

 

Naquela hora, uma pessoa de armadura se mostrou.

 

Cara de armadura:”Eu vou assumir a partir deste ponto, heróis.”

Cara de armadura:”Meu nome é Vale Kimble. Foi confiado a mim a tarefa de ensinar vocês a lutar.”
Rudolph:”Incidentalmente ele é o capitão da segunda divisão de nosso exército.”

 

Ele era um cara incrível com uma face nobre. Só de olhar seu corpo, você podia dizer o quão bem treinado era. Seu cabelo era verde e curto, e seus olhos emitiam uma grande força de vontade.

Naturalmente, os olhares das fêmeas focaram nele. somente Chika olhava para ele sem expressão, sem interesse.

 

?:”Em outras palavras, ele vai nos treinar?”

Rudolph:”Sim. Agora mesmo, as fronteiras se acalmaram. Eu quero que vocês fiquem fortes antes de tornar-se turbulentas novamente.”

?:”Onde iremos morar?”

Rudolph:”Nós preparamos quartos no castelo. Lilith vai mostrar a vocês depois.”

 

A discussão procedeu e Taishie os outros pareciam ter decidido lutar. Nesse ponto Hiiro levantou a mão.

 

Hiiro:”Desculpe, mas eu vou agir por conta própria.”

 

O tempo parou novamente para todos com essas palavras.

 

Hiiro:”Eu não tenho nenhuma obrigação, razão ou causa para lutar por este país. Eu também não sou um herói como vocês. Então qual o sentido de eu ficar aqui?”

Rudolph:”Mhm…Mas”

Hiiro:”Desculpe, eu não sou sensível como esses quatro. Bem, já que estou aqui, eu vou fazer o que eu quero. Você não se importaria certo?”

 

Rudolph parecia preocupado. Hiiro não era um herói, mas uma pessoa comum. Ele não parecia forte. Cabelos pretos, pupilas negras e perto do 1,80m de altura, não era muscular.

Seu único ponto de charme era seus óculos. Em matéria de aparência, ele era inferior a Taishi.

Com uma aparência como essa, era impensável que ele poderia lutar. Mas o fato foi que eles o conjuraram. Atirar ele sem fazer nada por ele seria inquestionável.

 

Rudolph:”Me desculpe sobre seu caso. Tem algo que poderíamos fazer?”

Hiiro:”Nada”

Rudolph:”Você diz, nada?”

Hiiro:”Sim, mas não guardo rancor. Esse mundo deve possuir alguns livros interessantes, então estou satisfeito.”

Hiiro era um garoto também. Claro que ele admirava aventuras. Não precisava ser um grande aventureiro como os protagonistas dos livros, mas ele certamente queria viajar pelo mundo.

 

Hiiro:”Não tenho mais nada a fazer aqui. Tchau.”

 

Dizendo isso, ele iria deixar o local, mas Taichi o agarrou pelo braço.

 

Taishi:”Hey! Agindo desse jeito, você ainda se acha um homem?

Hiiro:”Huh?”
Taishi:”Eles estão baixando as cabeças deles aqui! Você não sente vontade de ajudar-los nem um pouco?”

Hiiro:”Não.”

Taishi:”Porquê?!”

Hiiro:”Porque não sou nenhum herói. Ou o quê, você quer me usar como isca?”

Taishi:”I-Isca?”

 

Taishi soltou seu braço.

 

Chika:”Esqueça esse cara, Taishi. Vocês duas não concordam?”

Shuri:”Ehh…eu..”

 

Shuri desviou seu olhar. Shinobu encarou Hiiro.

 

Shinobu:”Claro, porque não. Digo, isso parece um jogo, mas é real. Em outras palavras, nós estamos arriscando nossas vidas aqui. Nós somos os heróis, então vamos ficar fortes, mas é diferente para Okamurachi. Ele é só um cara normal. Então ponham-se no seu lugar.”

 

As palavras de Shinobu calou os outros três. Por causa que ela fez um argumento válido. Isso não era um jogo. De fato, pessoas morreram tentando invocar eles. Eles estavam sérios sobre isso.

 

Taishi:”Certo. Vamos fazer isso nós mesmos.”

Lilith:”Uh-Uhm!”

 

Hiiro parou e olhou sobre seu ombro.

 

Lilith:”Me desculpe!”

Hiiro:”Não se preocupe.”

 

E assim ele deixou o local.

 

Se você encontrou um erro de ortografia, ou quer oferecer uma sugestão, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.

Notas do Tradutor   [ + ]

1. Poder Mágico ou Mana dependendo do local

View Comments

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: