Law of The Devil

Law of the Devil 09 – O Plano de Sedução da Rolynn


A teimosia do mago era muito mais do que ele havia esperado.

 

“Continuem de olho nele, não deixe escapar. Não esqueçam que ele é um mago. É só não deixar ele recuperar mana. Um mago sem mana é pior que uma pessoa normal.” Duwei disse aos cavalheiros olhando para o cativo. “De vez em quando, jogue água gelada nele. Não deixe ele ter tempo de dormir ou meditar.”

Duwei voltou para seu quarto e fechou a porta. A garota estava amarrada na cadeira.

 

Conforme Duwei chegava perto, a garota ficava assustada. Este bastardo, pode ser que ele não vá fazer essas coisas horríveis comigo, pois é jovem. Relin Aqui ta relin, mas depois troca pra Rolynn entendia o quão sedutora era para os homens.

 

E pensar que a coisa mais temida na mente de Relin era que o garoto era muito jovem e não teria interesse no seu corpo. Então ela perderia sua arma. Não é fácil ser uma aventureira, especialmente quando seu grupo é fraco. Ela aprendeu usar seu corpo para enganar, enquanto não passasse dos limites. Esta cimitarra era um presente de um grande time de aventureiros. E o mago juntou-se ao grupo por ela. Ela era como uma raposa, manipulando a todos e ao mesmo tempo se protegendo.

 

A razão de Relin em vir ao vilarejo de Kete era para escapar. Ela seduziu um nobre no norte e ele até presenteou a ela a armadura de couro encantada, que era passada de geração em geração. Ainda sim ele não ganhou nada de Relin. Antes que ele percebesse, ela havia ido embora.

 

Quando Duwei estava perto e sua mão se aproximava, Relin deu um suspiro e estava pronta para o sacrifício. ela começou a considerar como fazer Duwei a libertar. Pode ser que agir de forma submissiva o satisfaça. Ou agir de forma miserável e implorar por simpatia?

 

Depois de balancear suas opções Relin decidiu se fazer de inocente. Sim, uma expressão envergonhada, um olhar assustado, e estes olhos inocentes. Isto deve seduzir um garoto desta idade.

 

Relin tinha muita confiança em sua atuação. Ela acreditava que na hora que Duwei a visse, ele iria mostrar um pouco de simpatia.

 

“Por favor, não…” Ela disse quando uma mão alcançou suas costas. Seu corpo começou a tremer na hora certa. A mão desabotoou a armadura, e a armadura deixou seu corpo, o expondo.

 

O que ele vai fazer? Relin sentiu-se nervosa Ele vai pular em mim agora? A mente de Relin estava a todo vapor com estes pensamentos. Então estava quieto demais.

 

Relin finalmente abriu seus olhos e olhou para o nobre que estava em pé na frente dela. Ele estava examinando a armadura com muita concentração. Nem mesmo para espiar ela na visão periférica.

 

Garoto estúpido. Droga. Ele não pôde ver meu corpo? Relin ficou enfurecida com o que viu. Ele é mesmo um garoto? Ou ele é cego?

 

Relin deu uma tossida discreta para chamar a atenção. Mas seus esforços foram fúteis. O nobre andou até a cadeira, sentou-se e continuou a examinar a armadura. Relin continuou tossindo cada vez mais alto.

 

“A sua garganta não dói?” Duwei casualmente perguntou depois de um tempo. Finalmente tirando seus olhos da armadura e olhando para ela com uma expressão de provocação.

 

Se você encontrou um erro de ortografia, ou quer oferecer uma sugestão, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.


View Comments

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: