Tate No Yuusha no Nariagi

Tate no Yuusha No Nariagi 225: Desentendimento


Graças a vocês seus lindos, ganhei 10 dollar cents nos links. Isso me dá 30 centavos na cotação atual. Obrigado ;D #rico

 


 

 

Naofumi:”Então, hoje vamos para a loja de armas para solicitar a carruagem de Firo, então se arrumem.”
Firo:”Carruagem?”

 

 

 

Firo, que levou Melty de volta para a cidade, inclinou sua cabeça e perguntou.

 

Naofumi:”Sim, se você quiser, pode vir Firo, para escolher a carruagem que você quer.”

Firo:”Okay! Eu vou!”

 

Eu não tenho ninguém mais que eu quero levar no momento… só a Firo está bom.

Usando o portal, eu fui para a cidade do castelo com Firo.

E então nós fomos a loja de armas.

 

Oyaji:”oh? Eai rapaz. Você chegou na hora errada.”

 

Ele olhou para meu rosto e disse algo.

 

Naofumi:”O que foi?”

Oyaji:”Nós acabamos  o seu escudo e estávamos esperando por você. Mas nós não sabíamos quando você viria então eu aproveitei a chance e entreguei para aquele cara (tio da Imya) entregar.”

Naofumi:”É mesmo é.”

 

Bem, eu não tinha perguntado quando estaria completo e similarmente, nós não esclarecemos quando eu viria para entregar a comissão da carruagem também.

O Oyaji aproveitou a situação e fez algo inteligente, mas realmente era a hora errada.

 

Oyaji:”Eu acho que ele vai chegar lá a qualquer hora.”

Naofumi:”Então eu vou esperar. Está bem se eu pagar agora?”

Oyaji:”Está tudo bem pagar depois que você receber os itens.”

Naofumi:”Hmmm… então lhe darei 5 moedas de ouro agora como depósito e pagar o resto depois que eu receber, ok?”

Oyaji:”Está tudo bem se você me pagar depois se isso é melhor para você.”

 

O Oyaji disse quando eu passei a ele o dinheiro.

Sua generosidade é boa e me ajuda muito.

 

Oyaji:”Então? Você veio hoje para fazer a carruagem da senhorita pássaro, estou certo?”

Naofumi:”Sim. Você me disse para trazer ela da ultima vez, então eu trouxe.”

Firo:”Hm? Sim, carruagem!”
Oyaji:”Então senhorita pássaro. Que tipo de carruagem é boa? Uma de ferro como a de antes?”

Naofumi:”Quanto vai custar?”

Oyaji:”Quanto você pode pagar?”

Naofumi:”Por enquanto…. eu posso pagar. Depende do valor.”

Oyaji:”Tudo bem.”

 

Oyaji mostrou a Firo os diagramas e perguntou qual ela preferia.

 

Oyaji:”A última quebrou, certo? Devo fazer ela mais resistente? Ou devo fazer ela mais leve e fácil de mover? Eu posso fazer ela melhor para manusear em movimentos bruscos, até um certo ponto.”

Firo:”Hmmm… A carruagem pesada é melhor”

Naofumi:”Isso é… bem…”

Oyaji:”Passarinho, você é forte então pode não lhe satisfazer, mas tornar-la leve é importante para correr rápido.”

Firo:”É mesmo é?”

Oyaji:”Sim, se a carruagem é leve e durável, então você pode transportar itens pesados. Mas tudo depende de você.”

 

Oyaji  deixou Firo participar da discussão. Francamente, estou com medo de perguntar se é como realizar o sonho de uma criança.

Parece que eu vou ter uma carruagem seriamente estranha.

 

Oyaji:”Se você quer uma carruagem pesada, está tudo bem. Mas eu recomendo uma mais leve e resistente.”

Firo:”Então está bom.”

Oyaji:”Que tipo de metal você quer?”

Firo:”Vejamos~ Eu quero algo que reaja quando eu corro com força.”

Oyaji:”Tudo bem. Você  quer duas rodas? Quatro?”

Firo:”Quatro!”

Oyaji:”Com telhado retráctil ? Ou fechado?”

Firo:”Uma grande casa seria bacana~”

Oyaji:”Haha, não exagere com seu sonho.”

 

Eu temo que isso pode se tornar algo como um trailer.

 

Firo:”Então~ eu me transformo com um bang~”

 

Nenhuma carruagem assim não existe. Ou melhor, não precisamos.

Se possível, eu prefiro uma carruagem normal. Eu seriamente prefiro essa.

Não precisamos de um Megazord! Realmente não!

Eu teria problemas se a carruagem pudesse se tornar um mecha.

 

Firo e Oyaji continuaram a conversa, eles decidiram um design que era um pouco maior que a carruagem anterior.

Se ele fosse menos habilidoso, ela teria se tornado uma carruagem igual um cavalo.

Aparentemente o metal usado seria um minério que iria reagir com a mágica de Firo para ficar mais leve e resistente até certo ponto.

 

Oyaji:”Se eu me lembro corretamente, você vai suprir o minério certo rapaz?”

Naofumi:”Sim,eu posso pegar da rainha. Eu acho que devo falar a eles com precedência para você.”

Oyaji:”Ok.  Um metal raro vai estar misturado então se você puder providenciar isto em seguida a produção vai custar menos.”

Naofumi:”Entendido. Me de uma nota com os materiais. Eu vou trazer eles depois.”

Oyaji:”Obrigado pelo seu patrocínio.”

 

Oyaji escreveu uma lista enquanto conversava, que eu recebi e procedi a verificar os materiais.

Sim… existem alguns minérios que nunca ouvi falar. Estou em dúvidas se posso suprir eles.

Parece que eles podem ser obtidos em Zeltbur, mas eles podem ser minerados em Melromarc?

Vou perguntar a rainha depois.

Bem, eu acho que não será ruim pedir aos escravos Lumo do vilarejo minerarem também.

O tio de Imya agora é o ferreiro do vilarejo, então ele precisa de um grande estoque de materiais.

 

Naofumi:”Então voltarei depois que obter os materiais”

Oyaji:”Tudo bem. Eu vou estar esperando.”
Naofumi:”Sim, voltarei em breve”

 

Bem, eu sou um freguês desta loja. Eu posso pedir para ele fazer um escudo novamente se eu obter bons materiais.

Se eu pensar sobre isso, ele pode fazer até se eu trouxer materiais de monstros.

Qualquer coisa exceto os obtidos do Reiki da certo.

O problema é o dinheiro. Eu posso lidar com isso por um tempo.

 

Naofumi:”Quanto a produção da carruagem vai custar?”

Oyaji:”Eu vou fazer várias coisas, então ela não vai quebrar. Para você são 20 moedas de ouro.”

Naofumi:”Meio alto… mas aceito.”

 

Porque é algo que vai equilibrar as ações de Firo.

As despesas são altas mas eu posso lidar com isso com minhas finanças atuais.

 

Naofumi:”Ah,também, pode haver uma pertubação na cidade do Castelo logo logo, então tome cuidado.”

Oyaji:”Ok, rapaz.”

Naofumi:”Na pior das hipóteses, poderá haver um incidente porque sou um freguês aqui. Tome cuidado.”

Oyaji:”Você se preocupa demais.”

Naofumi:”Eu não sobreviveria se eu não me preocupasse.”

 

O velhote assentiu muitas vezes em resposta disso.

 

Oyaji:”Mesmo assim, essa é a Famosa Loja de Armas da Cidade do Castelo. Estou acostumado a inveja e problemas, e eu lutei com muitos  bandidos no passado. Não se preocupe rapaz, eu não vou perder para frangotes.”

Naofumi:”Ok…”

 

De uma forma ou outra, o velhote parece ser forte, então não tem o que se preocupar.

 

Oyaji:”Bem, logo logo vou sair por um tempo.”

Naofumi:”É mesmo?”

Oyaji:”Para suprir os materiais. Nós podemos até que ter de ir as minas.”

 

Então ele está com pouco estoque.

O incidente com Reiki causou muitos danos a cidade.

Como resultado, muitos minérios usados como materiais de armas foram usados para outras coisas.

 

Não é como se eu não entendesse, mas também era rentável.

Até porque, o senso de perigo de todo mundo cresceu e há um grande numero de fortes interesses nas Waves.

Em meu mundo, se houvesse uma calamidade no Japão, eu acho que provavelmente eu iria ficar mais atento aos perigos.

 

Com esse sentimento, eu saí da loja.

Ah, quando eu apareci no castelo para perguntar sobre o progresso, eu ouvi que o planos estaria avançando em poucos dias.

Era um caso perigoso para o governo.

 

Pensando nisso, eu senti que a cidade estava um pouco tensa.

Por alguma razão, há vários aventureiros mostrando simpatia comigo e olhando para a loja de armas.

Eu avisei a ele, mas eu não posso deixar de pensar sobre isso.

 

Só para ter certeza, eu falei para a rainha.

Voltamos da cidade do castelo e resumi meus estudos com Atla enquanto eu esperava pelo tio de Imya.

 

Naofumi:”Ele está atrasado.”

 

O sol se pôs, e o jantar estava pronto. Ainda sim o tio de Imya não chegou.
Falando nisso… os escravos que deveriam ter retornado também não vieram.

Eles se atrasaram?

Mesmo preocupado, não posso fazer nada. Eles provavelmente se atrasaram por causa de uma entrega.

 

Eu não acho que devo pensar muito sobre isso.

Isso era… até uma confusão na cidade vizinha no dia seguinte.

 

Imya:”Herói-sama!”

 

Quando eu estava preparando o almoço, Imya apareceu com uma face diferente de sua expressão normal.

 

Naofumi:”O quê foi?”

Imya:”H-hum… o Tio.. está..”

Naofumi:”Que aconteceu com ele?”

Imya:”Ele chegou gravemente ferido”

Naofumi:”Que você disse? Estou indo para a vila imediatamente. Todo mundo suspendam seus trabalhos, se armem e permaneçam vigilantes até eu retornar.”

 

Com essas palavras, corri para a cidade com Imya.

 

 

 

 

Se você encontrou um erro de ortografia, ou quer oferecer uma sugestão, selecione o texto e pressione Ctrl + Enter.


View Comments

Relatório de erros de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: